• Djulian Dias

Como criar um roteiro para um vídeo institucional

Criar um roteiro para vídeo institucional exige muito planejamento e estratégia, além disso, alguns erros podem prejudicar o seu projeto. Saiba quais são para não cometê-los


atrizes lendo um roteiro de video institucional

Saber como criar um bom roteiro para seu vídeo institucional é essencial para torná-lo mais interessante para sua audiência.


Para ter um bom resultado, é preciso fazer um planejamento e adicionar uma dose de criatividade para captar a atenção do público logo no início.


É um grande desafio e pode parecer complicado fazer esse trabalho, mas não impossível. Quer saber como escrever um roteiro incrível para o seu vídeo corporativo?


Então confira este post que vai te ajudar no momento da criação e saiba quais erros não cometer no roteiro.


O que é um roteiro?


Um roteiro para vídeo institucional é o material escrito que serve como guia para a produção audiovisual.


Nesse documento vão conter todos os detalhes das cenas, como as falas dos participantes e suas ações.


É inserido no roteiro também:


  • Imagens que serão usadas para mostrar a estrutura da empresa;

  • Quem irá aparecer, se terão atores;

  • A linguagem e o tom de voz;

  • Transição de cenas;

  • Trilha e efeitos sonoros;

  • Cenário;

  • Quais serão as animações e legendas;

  • Movimentos e posição da câmera.


Se você for analisar, qualquer vídeo, filme, série ou documentário, precisa de um roteiro. Sem ele, a produção pode ficar uma bagunça. É como fazer um bolo sem seguir uma receita com as medidas exatas.



Como fazer um roteiro de vídeo institucional


Faça um briefing


Equipe realizando um briefing de roteiro institucional

No briefing, você vai reunir o máximo de ideias e informações que você achar importantes para inserir no roteiro.


Aqui, já pode ser decidido como vai ser o estilo do vídeo, tipo de locução, os efeitos, a trilha sonora, o público-alvo, como e onde será feito, e em que lugar será divulgado.


Tenha objetivos claros e pense no público


Decida quais serão os objetivos que você quer atingir. Pense nas informações mais importantes que precisam ser apresentadas no vídeo.


Para isso, você precisa considerar o público-alvo e direcionar sua mensagem conforme as necessidades e o perfil desse grupo. Para cada público existe uma linguagem que funciona melhor.


Por exemplo, se sua audiência for na maior parte o público jovem, pode utilizar um tom de voz mais informal e descontraído para criar conexão.


Além disso, tenha definido quais são os problemas da persona e apresente soluções para a dor dela.


Procure também usar o tratamento “você” durante a gravação do vídeo, pois isso deixa a conversa mais leve e próxima da pessoa.


Escreva um esboço


Homem escrevendo um esboço de roteiro de video institucional

Esse é o momento de escrever um primeiro esboço sem se preocupar com os resultados. Coloque todas as ideias no papel para depois ir lapidando para o roteiro do vídeo.


Não se preocupe com perfeição nesse primeiro momento. As ideias vão fluindo pouco a pouco e tudo vai se encaixando. Não tenha medo de começar a escrever. Apenas comece.


Use a criatividade


Um vídeo institucional não precisa ser sério e burocrático, longe disso. Seja criativo tanto nas falas quanto nas cenas. Aposte em algo diferente da concorrência.


E falando em criatividade, você precisa pensar em como prender a atenção do público logo nos primeiros segundos do vídeo. É nesse tempo que a pessoa vai decidir se vai assistir até o final ou não.


Um conteúdo que só enrola para entregar algo apenas no final, se torna chato e cansativo.


Lembre-se que você disputa pela atenção do espectador com outras pessoas, até porque na internet todos são bombardeados de informações e fica difícil saber onde focar.


Portanto, abuse da criatividade e entregue algo de qualidade.


Faça uma CTA (Chamada para ação)


Coloque no roteiro a CTA que você vai usar no vídeo institucional. A CTA é uma chamada para ação, onde você convida o público para tomar alguma ação.


Pode ser entrar em contato, assistir a outro vídeo, baixar um e-book, entre outros. Se o foco é mais comercial, pode convidá-los a adquirir um produto em promoção, por exemplo.


E por fim, você pode fazer um encerramento usando uma frase de efeito e mostrando o logo da empresa.


Insira trilha e Letterings


Uso de letterings na produção audiosvisual

Os Letterings são elementos textuais usados como legendas no audiovisual. E, muito mais que legendas, são frases ou palavras que ganham maior destaque e enriquecem o vídeo, além de ser ótimos para usá-los em uma explicação.


Inclusive, esse recurso pode ser usado sozinho, sem uma narração, junto à trilha sonora, claro.


Falando nisso, uma boa música faz diferença na produção. Ela que preenche qualquer vazio e ajuda a contar uma história. Usar efeitos sonoros transformam qualquer vídeo, despertando boas sensações em quem assiste.


Por isso, não esqueça de adicioná-las ao roteiro.


Use o formato de roteiro colunado


Existem vários modelos de roteiro, mas o foco aqui é no institucional. E para esse caso, é utilizado o formato de roteiro colunado.


Esse modelo é o mais tradicional e usado tanto para iniciantes quanto por pessoas mais experientes.


Para usá-lo, você deve fazer uma tabela separando por colunas. Na primeira, escreva a numeração da cena, na segunda, a imagem, e na terceira, o áudio.


É um roteiro bem simples que facilita o entendimento e a leitura.


Revise o roteiro


Após tudo terminado, falta revisar o roteiro para ver se está tudo alinhado e se precisa alterar algo.


Para isso, leia o texto devagar e em voz alta. Isso ajuda porque outras pessoas podem perceber alguma falha que você não havia percebido e sugerir mudanças.


Isso é ótimo também para deduzir o tempo do vídeo. Com a leitura é possível determinar quando ocorrem as pausas e deixar mais natural e fluída a produção audiovisual. Dessa forma, facilita na hora da gravação e edição, além de ganhar tempo.


Erros ao montar um roteiro para vídeo institucional


Você já sabe como criar um roteiro de vídeo institucional e deve pensar que agora não tem como cometer erros.


Mas, espera aí! Antes leia alguns pontos que listamos abaixo para você ficar atento e não errar.


Incluir muito texto


Cuide para não incluir muito texto no roteiro e investir pouco em recursos audiovisuais. O resultado é um vídeo com locuções longas que podem deixá-lo mais monótono.


Colocar mais informações no roteiro


Não insira mais informações direto no roteiro, isso pode deixar o vídeo mais longo e alterar o orçamento, caso tenha contratado um serviço.


Primeiro converse com a produtora e veja se dá para encaixar na produção, é provável que tenha que excluir alguma informação para não alterar a duração do vídeo.


Não revisar o roteiro


Como já mencionamos neste artigo, a revisão é muito importante para encontrar possíveis falhas e para ajudar na hora da gravação e edição. Lá na frente você vai ver como a revisão do roteiro foi fundamental e saiu tudo como planejado.


Comece a construir seu roteiro


Agora é com você. Depois de entender como criar um roteiro de vídeo institucional, você já pode começar a escrever.


Lembre-se de fazer um bom planejamento e elaborar sempre pensando no seu público-alvo, dessa forma, fica até mais fácil direcionar o conteúdo e gerar bons resultados.


E se quer entender mais sobre vídeo corporativo, leia também O que é um vídeo institucional e como fazer no nosso blog.


Caso esteja precisando de uma empresa especializada em produções de roteiros e vídeos institucionais, fale com a gente!







37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo